Clube Unir

Blog

Fique por dentro das novidades
que a UNIR tem para você

Compartilhe

Arrecadação de Multa de Trânsito no Brasil

Você sabe o que é feito com esse dinheiro ?

Algumas pessoas dizem que a arrecadação de multa de trânsito é uma indústria a ser combatida no Brasil. Mas a Realidade é outra, as infrações rendem verba para manutenção e educação no trânsito brasileiro!
Bom, antes de explicar para onde vai essa arrecadação, vamos contar um pouco de quando e o porquê dá mesma ter começado a ser feita.
Aliás, entender os motivos do Estado para fazer esse tipo de arrecadação é compreender como o Brasil organiza e pensa o trânsito desde que o primeiro veículo chegou em nosso país, ainda no século XIX, em 1897. Faz tempo né?Nessa época, iniciava-se o processo da urbanização que, consequentemente, contribuía para o desenvolvimento das cidades.
Foi nesse cenário que os veículos automotores passaram a fazer parte do cotidiano dos brasileiros, mesmo que ainda de maneira leiga no início.Somente em 1906 passou a ser obrigatória a realização de exames de habilitação para que os cidadãos pudessem obter licenças para dirigir, sendo o primeiro passo para regulamentar esse processo.
Com o aumento da demanda desses condutores, houve a necessidade da construção de mais vias transitáveis, para que fosse possível comportar o número de veículos em crescimento no Brasil.E foi assim que o trânsito foi virando uma das prioridades para o Governo que, percebendo a necessidade de discipliná-lo, criou, em 1941, o Código Nacional de Trânsito.

 
 
De lá para cá, dentre várias leis, códigos e artigos que foram criados para solucionar problemas e diminuir o número de acidentes.O artigo 320, onde fica determinado pelo Código de Trânsito que cinco por cento do valor arrecadado deve ser depositado mensalmente no Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito (FUNSET), órgão que está sob responsabilidade do DENATRAN.

Quanto Arrecadamos com multa de trânsito no Brasil de 2011 a 2016 ?

2011 = R$ 6,4 BILHÕES
2012 = R$ 6,2 BILHÕES
2013 = R$ 5,9 BILHÕES
2014 = R$ 6,8 BILHÕES
2105 = R$ 7,5 BILHÕES
2016 = R$ 8,8 BILHÕES
O restante da arrecadação fica sob a responsabilidade de Sistema Nacional de Trânsito, que tem por dever aplicar o dinheiro, de acordo com o CTB, “exclusivamente, em sinalização, engenharia de tráfego, de campo, policiamento, fiscalização e educação de trânsito”.
Então se você percebeu que consertaram aquele semáforo ruim de perto da sua casa que não parava de piscar, já sabe da onde veio o dinheiro né.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha o formulário

Nós entraremos em contato em breve